30 de abr. de 2010

Comando? O que é isso?


Quando Belluzzo assumiu a presidência do clube foi consenso geral que estávamos dando um passo gigantesco para o futuro. Ações importantes foram tomadas como a efetivação da Arena, valorização de contratos de patrocínio, contratações de jogadores e técnicos de nível. Infelizmente junto com tudo isso, veio a maior falta de comando que eu já havia visto no Palmeiras, e que nos levou ao nosso fracasso atual.

Cipullo e Belluzzo sempre dirigiram o futebol a distancia e deixaram o barco correr solto, sem nunca definir prioridades e cobrar resultados de quem deveria. A falta de comando é evidente. Fazendo um pequeno exercício de memória, consegui relacionar 10 pontos. São eles:

1) Assistiram passivamente e sem tomar uma ação Luxemburgo abandonar o time em jogo oficial na Sul-Americana para comentar o jogo por uma emissora de televisão.
2) Aceitaram sugestões de contratações esdrúxulas como Obina e Fabinho Capixaba sem questionar.
3) Aceitaram da mesma forma vender jogadores importantes como Valdivia, Kleber, Henrique sem argumentar.
4) Viram dois campeonatos brasileiros serem perdidos por não terem pulso firme e acabar com vaidades pessoais internas.
5) Trouxeram Vagner Love a peso de ouro, e o deram de graça 4 meses depois por não conseguirem pagar os salários assumidos, e usar como desculpa a agressão covarde sofrida pelo jogador.
6) Aceitaram uma parceira com a Traffic, que nos trouxe Keirrison com prazo de validade vencido (veio já com cabeça no Barcelona) e uma gama de jogadores desconhecidos. Traffic lucrou, mas e nós?
7) Demitiram Muricy por não ter coragem de respaldá-lo em ações dentro das categorias de base e no time titular. Era nossa chance de mudança.
8) As carteirinhas de diretoria, embora reduzidas, ainda existem, assim como as vantagens que as mesmas dão. Embora essas pessoas muitas vezes, devido a falta de comando, se curvem a oposição.
9) Estão vendo passivamente DS7, muito bom jogador, ser devorado pela torcida e não fazer nada. Será vendido ou trocado de graça.
10) Aceitaram lançar o programa sócio-torcedor no pior momento e sem nenhuma estratégia definida, sendo um redundante fracasso de Marketing.

Belluzzo e Cipullo sempre delegaram as responsabilidades que o departamento de futebol exige, mas se esqueceram que delegar não significa abandonar. Devem-se ter pessoas responsáveis nas áreas chaves, mas essas pessoas devem ter metas a atingir, conduta a seguir e responder por fracassos e sucessos. Nossa maior esperança tornou-se nossa maior decepção dentro do futebol.

Sem comando, continuaremos a ser um barco a deriva, com jogadores dando chilique e definindo se compensa ganhar ou não, técnicos ganhando experiência ou testando inultimente jogadores e categorias de base abandonadas e as vezes inchada com jogadores com idade acima da media. Na parte econômica, evoluímos e isso dever ser mantido. Mas carecemos urgentemente, de comando no clube. Não a ditadura de Mustafá, mas um comando com gestão. O próximo presidente deve ter a humildade de reconhecer o que foi bem feito e manter as ações e radicalmente implementar regras de conduta interna. Jogadores, técnicos e conselheiros precisam saber que são parte de uma engrenagem e que precisam trabalhar em conjunto para o sucesso da maquina. Mesquinharias e invejas pessoais têm de ser abolidas, e todos saberem que responderão caso se coloquem acima do clube.

Infelizmente não vejo ninguém ou algum grupo hoje que consiga tal proeza. Se realmente essa pessoa ou grupo não existir, estamos indo para um caminho sem volta. Os números de pesquisas de tamanho de torcida podem ser questionados, mas e evidente que a nossa não cresce na proporção das outras. E perdendo o maior patrimônio que temos, nossos torcedores, perderemos tudo.

Não consigo entender como um clube do tamanho e com a historia do Palmeiras chegou nessa situação. Mas que estamos no limite do tempo da mudança, isso não tenho duvida.
Berlier Almeida

Frase do Dia

“O nosso time jogou mil vezes melhor do que o Palmeiras. Perder para um time desses aí? É brincadeira”

Frase do "craque" Robston, do poderoso CAG !!

Chega de estagiários !!!


Ganhamos!! A vitória magra de 1 x 0 nos dá a vantagem de jogar com o regulamento embaixo do braço na próxima semana em Goiás. Se fizermos um, eles terão de fazer três. O time, embora mal escalado pelo nosso técnico estagiário Zago (obrigado, Cipullo!!) e com substituições equivocadas, mostrou raça e valentia durante todo o jogo. Fazia tempo que não víamos isso. O episodio do DS7, demonstra uma clara falta de comando que discutiremos em outro post. Mas esta evidente que ele não quer mais jogar no Palmeiras e que uma ação precisa ser feita. Sua qualidade técnica e indiscutível e talvez por isso a cobrança seja mais pesada. Ele jogara bem em outra equipe com certeza, nos dando o sentimento “porque parou de jogar aqui”. Mas a verdade é que o relacionamento  "Palmeiras x DS7" acabou.

CX10 e Lincoln demonstraram que podem dar liga e a falta de atacantes de nível ainda é nosso grande problema dentro das quatro linhas. Apesar da vitória magra, e da esperança da classificação na próxima semana, é necessário ressaltar a nossa maior fraqueza fora do campo de jogo. Não é nossa diretoria e Belloser, pois esses são imbatíveis. Estou falando da invenção do Cipullo de dar o comando técnico de um time combalido como o Palmeiras a um técnico completamente novato e com apenas 8 meses de experiência.

Antonio Carlos Zago foi um dos grandes zagueiros que tivemos, e um dos piores treinadores também. Se alguém ainda tinha alguma duvida se ele era inexperiente e que não pode ser nosso técnico no Brasileirão, ontem essas duvidas sumiram. A escalação dele com três zagueiros contra um time médio dentro do Palestra, e aonde precisávamos vencer, demonstra claramente que nele o medo de perder vence a vontade de ganhar. A insistência em manter DS7 como atacante é irritante, e esta mais do que obvio para o Brasil inteiro que nosso ataque é inexistente desse jeito. O melhor que podemos ter hoje, e olha que não e nenhuma maravilha, e Ewerthon e Robert. Porque ele não enxerga isso?

A demora nas substituições e a falta de emoção na beira de campo demonstra claramente que ele esta perdido e sem saber o que fazer. Ontem tínhamos um time com vontade, mas sem nenhuma organização tática dentro de campo. E isso ficou claríssimo quando os jogadores se reuniram no meio de campo para decidir o que fazer no segundo tempo, visto que esperar orientações do nosso técnico estagiário e inútil. Seria cômico se não fosse trágico.

O nosso atual elenco possui jogadores de talento: CX10, Pierre (se tiverem vontade de jogar), Lincoln, Danilo, Marcos, Assunção por exemplo. Não é um time para dar espetáculo, mas também não é time para passar sufoco contra o Atlético-GO. O mínimo de orientação tática a esse time, já mudaremos da água para o vinho, e ai o técnico é fundamental.

Realmente é difícil entender o que passou na cabeça de Cipullo ao achar que o Zago poderia ser nosso técnico, sendo que tínhamos Muricy Ramalho. Trocá-lo agora não adianta, pois estamos há cinco rodadas do final da Copa do Brasil, que se ganharmos, será mais pela valentia e vontade dos jogadores do que pela estratégia do nosso técnico. Mas para o Brasileirão a mudança tem de ser para ontem, independente do que ocorrer nessa Copa do Brasil.

Os milagres que ocorreram em Curitiiba e ontem podem não se repetir para sempre. E esperar ganhar uma Copa do Brasil so na base da valentia e raça dos jogadores já e pedir milagres demais a San Genaro.


Se bem que talvez seja um milagre mais fácil do que esperar nossa rainha da Inglaterra faca o trabalho que se espera de um diretor de futebol.

Berlier Almeida

Diego Souza não é culpado!!


Começo esse post sabendo da polêmica que ele pode gerar, mas como estamos numa democracia, todos podemos ter opiniões diferentes!
Concordo com o que meu amigo/irmão Marcio disse sobre nossa diretoria e falta de "habilidade" de alguns de nossos jogadores. Mas o que vem acontecendo com o Palmeiras é reflexo da perda do título brasileiro ano passado. A torcida, que sempre foi impaciente, está mais impaciente do que TUDO. Não aguenta mais ver o time jogar!!!

Porém não podemos e não devemos colocar TODA A CULPA EM DIEGO SOUZA!!! Ele pode estar em má fase, pode estar andando em campo, pode ter xingado alguns ontem, mas ele não joga sozinho!! Pegar o cara como único responsável é cruel

Se ele não vem jogando bem, que o técnico o tire do time, para que recupere o melhor do futebol, mas mandá-lo embora é BURRICE!! Essa torcida palmeirense está ACABANDO com o Palmeiras, simplismente por serem ignorantes e radicais!

Mandaram Luxemburgo embora porque não o perdoaram por abandonar o clube em 2002, mas esquecem que o único título (mesmo que seja o paulista) recente foi ele quem conquistou. Tenho plena certeza de que se ele ficasse ano passado, não perderíamos o título. Mas nossa inteligente torcida, junto com nosso amado presidente o EXPULSOU!

Depois foi a vez de V Love. Não sou fã do cara, mas que ele vinha se esforçando era inegável. Daí mais uma vez entra em cena os inteligentes torcedores palmeirenses e expulsam o cara!! O que ganhamos com isso?????????????????  Ficamos com Robert que agora a torcida pega no pé!! Diego Souza é o próximo que estão mandando embora! A troco de quê? De uma birra da torcida!

Torcida essa que está matando o Palmeiras por sua impaciência LOUCA!!

Reclamamos da imprensa, que só publica coisas negativas a nosso respeito, mas somos os primeiros a fazer drama em tudo e dar de bandeja matéria para os urubus.
Ontem o time não foi um primor, mas ganhamos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E não tomamos gol!!!!!!!!!!

O Flamengo ganhou do Curintia de 1 x 0 e todos falaram que foi um bom resultado, porque fizeram um e não tomaram nehnhum. Conosco foi a mesma coisa, ou não?!?!?
Nosso camisa 7 ainda é um bom jogador que precisa de tempo, apoio e certamente voltará a dar alegrias à torcida, basta a mesma ter um pouco mais de paciência.

Lembram do Armero????? Essa mesma torcida já tinha mandado ele de volta pra Colômbia, mas com um pouco, só um pouco de apoio ele voltou a jogar um futebol regular e não compromete mais. Do jeito que a torcida vem se comportando, NENHUM jogador vai querer jogar no Palmeiras. Ou qual de vcs gostaria de trabalhar numa empresa em que a qualquer momento podem te mandar embora, te xingar, ou até te agredir?????????

Por favor sejamos inteligentes, como é a essência de ser palmeirense e tenhamos bom senso!

Se quiserem pegar algum culpado, que não seja um único jogador. TODOS TEM CULPA!!!

Perguntem a qualquer outro torcedor de Santos, Bambis, Gambás, Florminense, etc, se querem o DS7 no time. Tenho cereteza de que TODOS dirão sim!! Depois não adianta reclamar ou chamar o jogador de traíra, pois traidora está sendo a torcida que só dá tiro no próprio pé!

TORCEDOR, NÃO ACABE COM AQUILO QUE MAIS AMAMOS: O PALMEIRAS!

Abraços

Emerson Cabral

29 de abr. de 2010

Palmeiras 1 x 0 Atlético-GO


Acabei de chegar do Palestra Itália !! É difícil escrever sobre um time que não merece o torcedor que tem. O que esses jogadores demonstraram hoje dentro de campo é digno de pena. Um sofrimento só... sem posicionamento, sem tática, sem qualidade, alguns sem vontade e "Diego Souza".

Acho que nosso time é reflexo de nossos dirigentes !! Não existe comprometimento e competência. São 11 Bellosers, ou Sempullos ou Será-o-fins em campo !!!

O resultado pouco importa !! Ver o Palmeiras entrar com um atacante e três zagueiros contra o poderoso Atlético-GO me deixou puto para o restante do jogo. E tudo se desenrolou daí !! Afinal o Palmeiras nunca foi esse maldito 3-5-2. Um time acéfalo, sem meio, armando jogadas da defesa para o ataque na base dos bicões.

Chega de improvisações: na lateral, no ataque, no banco, nas tribunas !!

Câncer Bellozzer e Sempullo fora do campo, Câncer Diego Souza dentro de campo...

Realmente essa diretoria merece o time que tem..

Márcio Braga

Temporada de Bola Murcha


Após os jogos "decisivos" de ontem válidos pela Libertadores e pela Copa do Brasil, me veio a seguinte questão: "QUEM ESTÁ JOGANDO UM LINDO FUTEBOL ATUALMENTE?"

A resposta quase instantânea me dava conta de que o Santos tem encantado o país com futebol alegre, cheio de gols...mas e a zaga??? Toma gol atrás de gol, será mesmo um baita time??

Se considerarmos que hoje os meninos da vila tem o respeito de todos e o colocarmos como o melhor time do país não é exagero, porém quem mais tem encantado??

Nós palmeirenses reclamamos, e com razão, da falta de futebol bonito e empolgante que queremos no Palestra, entretanto se olharmos para os lados vamos ver que estamos todos no mesmo barco, ou seja, um futebol burocrático e chato.

Os bambis não fizeram um golzinho no fraquíssimo time Peruano que nem sabe o que faz nesta Libertadores. Tudo bem que vão ganhar aqui em SP, mas tinham obrigação de vencer lá no Peru. Qual a difereneça do Universitário do Peru e Paysandu?? Na verdade o último tem uma torcida que empolga mais e um time até melhor.

Já os gambás jogaram com um a mais por mais de uma hora e não conseguiram criar uma jogada. Ainda por cima tomaram um gol de um time em frangalhos, que é o Flamengo. Flamengo este que é o atual campeão Brasileiro que perdeu o título carioca e penou para classificar para segunda fase da Libertadores.

O Internacional, apanhou do Banfield, time que só tem um título em toda história. O Galo depende totalmente de Tardelli mas oscila muito na defesa. Hoje teremos Gaymio x Florminense, jogo que deve ser atraente mais pelas "pegadas" do que propriamente por belos lances.

O que quero dizer com tudo isso???????????????????????????????

Quero dizer que nosso time está longe do ideal, mas não somos os únicos!!!

Quero dizer que devemos apoiar o time em campo!!!!

Quero dizer que devemos jogar a favor e não contra no Palestra!!

Quero dizer que muitas vezes, ou quase sempre, somos impacientes demais!!


Por fim quero pedir aos mais de 20 mil que deverão comparecer ao Palestra hoje que apóiem, cantem, vibrem e tentem passar isso para os 11 jogadores que vestirão nosso manto. Quando alguém errar um passe, lembrem que Ronaldo (até ele) ontem deu de canela na bola.

Esse ano deve ser um prato cheio para edição de Bolas Murchas no Futebol Brasileiro.

Espero que nós contribuamos pouco para tais momentos grotescos.

Abraços e bom jogo pra todos nós.

Emerson Cabral

28 de abr. de 2010

Um novo motivo

Com muita surpresa eu recebi o boleto de pagamento da mensalidade do clube. Vejam o destaque abaixo:



" Para o campeonato brasileiro, o associado da SEP poderá usufruir do desconto de 50% no valor dos ingressos dos jogos onde a SEP for mandante do jogo. Para ter direito basta estar em dia com suas mensalidades. Saiba qual o regulamento e como se cadastrar e utilizar este benefício no setor de cobrança do clube."

Assim que eu entender se existe alguma pegadinha no processo eu aviso vocês. Este é mais um motivo para quem não é sócio se tornar. Além de lutar para tirar os nefastos que dirigem ou já dirigiram o clube temos o benefício de 50% de desconto nos ingressos para jogos.

O único problema é que se você já anda nervoso com o Palmeiras virando sócio ficará ainda mais !!

Ignorância é uma benção mesmo...

Márcio Braga

27 de abr. de 2010

Há exatos 90 anos...

Há exatos 90 anos, mediante escritura lavrada em 27 de abril de 1920, o Palestra Itália adquiriu da Companhia Antárctica Paulista o imóvel denominado Parque Antárctica; situado na antiga Avenida Água Branca, atual Francisco Matarazzo.

A escritura no valor de 500 contos de réis, foi lavrada pelo 11o. Tabelionato, tendo como escrivão Gabriel Veiga.

Assinaram pelo Palestra Itália o presidente Menotti Falchi, mais os diretores Enrico Belli e Luiz Izzo, além de David Pichetti, presidente da comissão Pró Stadium.

Pela Antárctica assinaram Asdrubal do Nascimento e Adam Von Bullow.

DEPARTAMENTO DE ACERVO HISTÓRICO E MEMÓRIA DA S.E.PALMEIRAS
 

Ranking das Torcidas - Datafolha

Depois de um longo período afastado do Blog, estou de volta!!


Primeiramente quero dizer que meu afastamento não está relacionado à atual fase do time, mesmo que tal situação não me anime a escrever.


Estou escrevendo para falar sobre a Nova Pesquisa da Torcidas realizada pelo Datafolha e divulgada amplamente nos meios de comunicação hoje.


Pra variar estamos na QUARTA posição atrás do Flamengo, Gambás e Bambis.
Mas o que me chama mais atenção é o fato de cairmos 1% em relação ao ano passado.
Sei que muitos vão dizer que tais pesquisas não valem nada, etc e tal, mas é sempre bom termos um panorama daquilo que dizem a nosso respeito. E para ser sincero não acho que (pelo menos em percentual) a pesquisa esteja tão errada.

Falamos que somos uma nação de mais de 15 milhões de fanáticos, o que nos levaria para a terceira posição. Entretanto esquecendo os valores absolutos e analisando pelo lado da variação, estamos em queda!!!!!

E não era para esperar algo diferente em virtude dos recentes fracassos e fracos times que temos montado. Na pesquisa podemos ver que em 2007 tivemos um acréscimo...porque será???

A resposta está na Magia de Valdívia que encantava todos e trouxe muitos novos torcedores ao Palestra. Pegando um gancho naquilo que o Márcio escreveu, se não renovarmos, trouxermos jogadores que tenham identificação com o clube, ou melhor, criarmos jogadores que se identifiquem com a torcida, estamos fadados ao ostracismo e decadência fora dos campos também.


Ainda tenho esperança que este ano colheremos algum bom fruto, seja na Copa do Brasil, Sulamericana ou até mesmo no Brasileirão, mas para isso é necessário mais atitude e boa vontade.


Abraços

Emerson Cabral

26 de abr. de 2010

Mais uma geração perdida ?


Este são os jogadores do Palmeiras B. Que se classificou em quarto lugar na séria B e assumiu a liderança do grupo final ao derrotar o Red Bull, primeiro colocado na fase de classificação, por 2 x 1 no Palestra Itália.

Vocês acessaram o link acima ? Infelizmente poucos ou quase nenhum iremos ver jogando no time principal.

Afinal Belloser, Sempullo e Será o fim preferem dar valor as grandes "promessas" da Traffic da qual levamos 20% de uma futura transferência. Enquanto a molecada vai e volta todo dia para Guarulhos !!!

Amanhã se encerram as inscrições para a Copa do Brasil. Não teremos nenhum garoto inscrito ?? É isso mesmo seus incompetentes ??

Va fancullo

Márcio Braga

Um ditador por outro ?

O PTD publicou em 21/04 uma entrevista com o famigerado Gilberto Cipullo. Depois de todas as fantasias respondidas pelo mesmo que não valem nenhum cafézinho gostaria de destacar a última pergunta e por consequente a resposta desse sem-vergonha:

" PTD: O senhor pretende se candidatar à presidência da SEP em 2011? É favorável às eleições diretas para o cargo? O que pensa sobre a campanha ‘Vota Palmeiras’ que tem recolhido assinaturas, junto aos associados, com esta intenção?


GC: Creio que é muito cedo para pensar em sucessão. O importante é que, na oportunidade, haja um entendimento, como houve em 2009, e saia um candidato de consenso. Não vejo maiores problemas em se fazer eleições diretas, desde que haja um filtro anterior pelo Conselho, como, aliás, consta da proposta em andamento."
 
Para quem não sabe a tal proposta foi criada e apresentada pelos palestrinos Henrique e Sylvio e todo o pessoal da Vota Palmeiras. E não é que a proposta original não tinha merda nenhuma do filtro mencionado pelo Cipullo. É ISSO MESMO !!
 
Enquanto o grupo engatinhava não existe qualquer filtro, ou melhor, qualquer interesse dos que comandam e se dizem "democráticos". 
 
Mais agora o movimento tomou força !! O grande trabalho do Vota Palmeiras começa a incomodar os cardeais palestrinos. E nada melhor que efetuar uma "pequena" alteração na proposta efetuada. É como aprovar uma MP em 31/12 a noite. 

É uma vergonha alguém contabilizar todo esforço do Vota Palmeiras em prol de um grupo político como UVB, PQP e outras vergonhas.
 
Eu juro que tento ser educado em respeito a vocês que nos seguem. Mais dessa vez passaram da conta:
 
Bellozer, Cipullo e vassalos: VÃO TODOS TOMAR NO $$.
 
Márcio Braga

Jogo de xadrez


O Atlético-GO goleou o Santa Helena (quem??) pela decisão do campeonato goiano e está com uma mão na taça, que só perde se sofrer a mesma goleada no próximo jogo. Assim, com esse resultado pode voltar toda sua "artilharia" contra nós pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Nosso time vem ganhando reforços interessantes nessa reta final que podem ser utilíssimos, como Cleiton Xavier e Marcos Assunção. Sinceramente, o Atlético-GO não deveria ser um problema para nós, mas na atual situação sempre é bom ficar com um pé atrás. Com a possibilidade da volta de CX10 e a estréia do ex-volante do Grêmio alguma coisa, as atenções se voltam como o nosso técnico Zago ira montar a equipe. Essas seis rodadas nos definirão se ele será capaz de dar um padrão de jogo a essa equipe e se terá coragem de fazer as escalações corretas.

O time atual não é ruim e é capaz de nos dar esse título, DESDE que jogue com atitude na reta final do campeonato. Zago terá de fazer o que Muricy e Luxa não conseguiram, sendo sua prova de fogo. Dependendo de seu desempenho, não compensa malhar em ferro frio. O time que se desenha para o Brasileirao não é um primor, assim, mais do que nunca precisaremos de um técnico capaz.

Sinceramente, Zago não me anima. Merece apoio e não pode ser entregue aos leões, como Cipullo e cia fizeram covardemente com Muricy. Mas sua inexperiência, sua falta de atitude no empate contra o Atlético-PR e a falta de coragem de afastar DS7, por exemplo, não nos dá muitas esperanças que ele seja o comandante que merecemos. O tempo de ação da nossa diretoria tem sido nosso calcanhar de Aquiles, contratando e dispensando muitas vezes corretamente, mas em tempos completamente errados e geralmente tomados pela emoção.

O desempenho do Zago até agora tem sido ruim e se ele fracassar na Copa do Brasil, e isso não significa somente ser desclassificado, não adianta ficar com ele somente para manter discurso que não mandamos técnicos embora toda hora. Nossa diretoria tem de ser rápida e fria, e analisar os jogos finais dessa Copa como base e se não precisamos de um técnico mais capaz. Depois do erro crasso de mandar Muricy embora, as opções para substituir Zago ficaram restritas. Esse e o preço de se tomar ações pelo coração, e não pela razão.

Esperamos que pelo menos, nessa reta final do mandato de Belluzzo, a razão fale mais alto. E como em um jogo de xadrez, a peca movida agora, nos abra bons caminhos no futuro.
Berlier Almeida

Queremos nosso mago de volta!!


Ontem li nos jornais a noticia que o passe definitivo do Valdivia foi oferecido ao São Paulo por 4 milhões de dólares, com salários de 230 mil reais por mês. Razoável pelo jogador que ele é, mas descartado pelos tricoletes. Sabemos que nem tudo que sai na imprensa sobre o Palmeiras pode ser levado a sério, vide a contratação de Ronaldinho Gaúcho dada por alguns cronistas esportivos como certa. A ida de um ídolo como Valdivia para São Paulo ou Corinthians, antes de ser uma boa noticia para eles, são um duro golpe em nosso orgulho próprio. Por favor, não entrem nessa.

Mas que Valdivia quer retornar ao Brasil não é novidade para ninguém. E ai, eu pergunto a nossa diretoria: por que não nos? A noticia de novas contratações não deve ser tratada de forma pública agora. Cabe a diretoria fazer algo que até agora não conseguiu: tomar ações em silêncio sem atrapalhar o andamento dos campeonatos em andamento, no caso atual da Copa do Brasil. Divulgações só devem ser feitas quando estiverem com documentos assinados. Mas precisa-se agir rápido e em silencio nos bastidores se quisermos algo concreto nos Brasileirão.

A desconfiança que temos em nosso time hoje, vem muito da falta de identidade que DS7, CX10 e Pierre desenvolveram com a nossa torcida. O relacionamento forte que começou em 2008 foi se deteriorando e hoje vemos esses jogadores em campo, mas não os reconhecemos mais como nossos. A falta de empenho e dedicação nos jogos nos dá a impressão que a camisa do Palmeiras ganhando ou perdendo não os afeta mais. E isso não aceitamos.

O Palmeirense precisa voltar a sentir o gosto do drible seco de um camisa 10 e de um time vibrante em campo que joga com a torcida, uma comunhão que foi perdida com a saída do chileno e de Kléber.

Assim, a contratação de Valdivia seria bem mais que a vinda de um camisa 10 de qualidade, mas o retorno de um jogador com identidade conosco e um pouco de nossa auto-estima . E se conseguíssemos trazer Kleber e Henrique também, seria perfeito.

Afinal de contas, não custa sonhar....
Berlier Almeida

23 de abr. de 2010

Atualizações

- Marcos Assunção é nosso novo volante. Deve substituir Pierre (provavelmente vendido para Europa na janela do meio do ano) no Campeonato Brasileiro e jogar a Copa do Brasil se o nosso técnico precisar. Volante experiente, com 33 anos, começou a carreira no Rio Branco e jogou em grandes clubes como Santos, Flamengo, Roma e Betis. Fará parte da “renovação” que Cipullo pretende para o Brasileirao.

- Atlético-GO é nosso adversário nas quartas de final da Copa do Brasil. Time caçula da primeira divisão possui jogadores rodados como Rodrigo Tiui, Ramalho e Robston, além do técnico Geninho. Precisamos lembrar que são francos atiradores, visto que se perderem a vaga não há novidade, mas se ganharem serão heróis. Preparem seus corações, pois os caras vão vir com tudo, e nos com certa sonolência.

- Se passarmos, pegaremos Vitória ou Vasco na semi-final. Caminho bem mais ameno que do outro lado da chave onde Fluminense, Santos, Atlético-MG e Grêmio decidirão quem disputara o titulo.

As datas dos jogos:

IDA

Quarta-feira – 28/abr
Vitória x Vasco
Palmeiras x Atlético-GO

Quinta-feira – 29/abr
Fluminense x Grêmio
Atlético-MG x Santos

VOLTA

Quarta-feira – 5/mai
Vasco x Vitória
Atlético-GO x Palmeiras

Quinta-feira – 6/mai
Grêmio x Fluminense
Santos x Atlético-MG

Não esta tão difícil....Depende mais de nós, e aí é que mora o perigo.

Berlier Almeida

22 de abr. de 2010

Prestes a Explodir ...

Preparem os Bolsos


A Adidas irá lançar mais um uniforme retrô. A camisa acima é uma réplica do uniforme que o goleiro Leão utilizou no início dos anos 80.

O mesmo deve ser lançado em Maio. É esperar que não custe muito e comprar !!!

Márcio Braga

Nem Preto, Nem Branco. Deu Verde!


O palmeiras ontem teve que enfrentar dois adversários. Um foi o fraco e faltoso time do Atletico, outro foi a torcida dos cara lambuzadas e sua horrivel maquiagem gambá. No entanto, preciso falar sobre os dois ultimos adversários, este muito mais preocupantes: O Palmeiras e o Juiz. O Palmeiras porque consegue quase que levar ao infarto os seus quinze milhões de torcedores com a demonstração dos mesmos problemas de desatenção, displicencia e falta de técnica de alguns de nossos jogadores. Outro problema sério é a arbitragem, que deixou um lance de falta descarada prosseguir, quando o atleta, de uma maneira que até o Mister Mago enxergou o toque intencional, culminando em um penalti inventado da maneira mais calhorda que se pode conceber. Ou seja, o torcedor do Palmeiras é antes de tudo um azarado, pois torce para um time que sempre varia ruins e péssimas atuações - ontem pra variar, em alguns momentos, esse time lembrou o verdadeiro Palmeiras - e ainda precisa rezar para que a geração Simon não defina as nossas partidas no apito amigo.

Enfim, conseguimos a classificação. Acho que daqui por diante é torcer para que alguns de nossos jogadores, especialmente Armero, que ontem foi um guerreiro, repitam a atuação de ontem.

Podemos acreditar?


Não gosto de só reclamar, mas infelizmente esta difícil ver luz no fim do túnel. A classificação veio, mas não precisava ser dessa forma. Contra um time medonho, e talvez um dos piores da historia do Atlético-PR , Zago e sua trupe conseguiram brincar com os sentimentos e os corações de 15 milhões de palestrinos espalhados pelo país. O Atlético-PR não é um time ruim. É um time horroroso.

Ontem, a única forma que eles encontraram para frear o Palmeiras, foi através de sucessivas faltas e muita forca física. Estratégia suicida e com apenas 15 minutos, eles já tinham um zagueiro expulso e dado um pênalti a nosso favor. Na atual situação não podemos nos dar ao luxo de inovar, e foi justamente o que o Robert fez. Ele bateu o pênalti de forma bisonha com uma paradinha que ninguém entendeu, atrasando a bola para o goleiro Atleticano. Se tivesse dado uma bica no meio do gol, era 1 x 0 e a classificação selada.

Mesmo assim, o Atlético não conseguiu reagir e o que se viu depois disso, foram enervantes 75 minutos com o Palmeiras dominando amplamente o jogo, mas sem saber o que fazer com a bola quando estava na área adversária ou chutar a gol. Incrível como nosso time conseguiu ter 90% de posse de bola, e não conseguiu oferecer perigo ao gol do Atlético. O time ontem não jogou mal, mas parecia que o jogo não valia nada, tal desinteresse de alguns jogadores.

E o velho ditado “quem não faz, toma” funcionou mais uma vez. Diante de nossa incompetência ofensiva, o Atlético achou um gol graças a um pênalti inexistente que só o arbitro viu. Estávamos jogando no lixo uma classificação mais do que certa, por culpa única e exclusiva nossa. Chato falar, mas repeteco do Brasileiro do ano passado. Mas dessa vez San Gennaro nos ajudou e na única vez que atacamos com seriedade, empatamos a partida, faltando dois minutos para acabar o jogo.

O saldo positivo de ontem foram a classificação e o bom futebol de Lincoln, Marcio Araújo, Armero, Danilo, Marcos e Edinho.
Os negativos e repetitivos foram a sonolência e desinteresse de Pierre, DS7 e Figueroa. A limitação técnica de Leo e Robert já são conhecidas. E a cereja do bolo foi nosso técnico estagiário ( obrigado Cipullo!!). Perdido, fazendo substituições erradas e em péssimas horas. Precisamos de um técnico para ontem.

O caminho até a final esta fácil e sem sobressaltos (Atlético-GO e Vasco). A desculpa de trauma com a perda do Brasileirao do ano passado não cola mais. Deve-se exigir seriedade e firmeza desse grupo, e afastar quem não quer mais colaborar. Sabemos que a hora é de apoiar e que a Copa do Brasil pode salvar nosso semestre alem de iniciar um Brasileirao mais tranqüilo. Nossa torcida sabe disso, agora Zago e sua trupe também precisam saber. Apoio da torcida sempre haverá, mas o time pode ajudar um pouco também. O coração grita, mas não consegue fechar nossos olhos para tudo. Ontem a classificação esteve por um fio, e isso não pode ocorrer mais. Há de se ter coragem para mudarem peças já e planejar o final de 2010 e 2011 como o Palmeiras merece.
Só acreditar não funciona. Precisamos ter no que acreditar.


Berlier Almeida

21 de abr. de 2010

Guerra ou Paz?





Se meu amigo Marcio permitir, vou pegar um gancho no seu ultimo post. A entrevista de Edmundo, que para mim foi um dos maiores jogadores da nossa historia, resumiu bem o que aquele time campeão de 1993 tinha e que anda muito em falta para nós, principalmente nos últimos dois anos.

Não estou falando da qualidade técnica do time nem da competência do técnico. Isso seria covardia de minha parte. O que quero ressaltar é que um time antes de ser campeão, precisa e deve DESEJAR ser campeão.

Independente de qualquer briga interna, existe o coletivo e até mesmo o sucesso individual de cada jogador com um título conquistado. O título de 1993 definiu o fim de nosso jejum, mas também iniciaram a vitoriosa carreira de Edmundo, Roberto Carlos e outros.

Vivemos um momento parecido. Se o jejum não e tão grande, a desconfiança da torcida e da imprensa é a mesma. Embora nosso coração alviverde diga que podemos chegar lá, é difícil achar alguém que apostaria alto nesse titulo. Somente nossa comissão técnica e jogadores podem reverter isso. Se a gana de vencer se sobressair ao medo de perder, poderemos hoje começar a definir nosso caminho para a semifinal e talvez um titulo que viria abençoado. Nas quartas, jogaremos contra Atletico-GO ou Santa Cruz. Sinceridade, times inferiores ao adversário de hoje e que não devem demonstrar grandes problemas. E Grêmio ou Santos, times mais fortes na competição, nos só pegaremos na final, que ocorrera só depois da Copa.

O grupo que hoje entra em campo deve acreditar que o momento difícil é também a melhor oportunidade deles se firmarem como jogadores de um time campeão. Mesmo os que já estão com passes na Europa e México, poderiam negociar contratos muito mais vantajosos se estivessem com titulo da Copa do Brasil na mão.

Se nosso time conseguir ter esse espírito e desejo de ganhar, será meio caminho andado. Infelizmente essa lógica nem sempre e seguida pelos "boleiros", vide campeonato brasileiro de 2008 e 2009. Assim, só nos resta esperar e ver o que ocorrerá.

Só para lembrar: a famosa foto que inicia esse blog é de Jair da Rosa Pinto comemorando a raça e gana de vencer do time do Palmeiras em jogo do ano de 1951... o final da história e o que ocorreu nesse ano todos sabemos de cor. E como não pode deixar de ser ela veio do Palestrinos.


Berlier Almeida

Quando éramos Reis...



Jogo da Minha Vida... Em depoimento ao JT, Edmundo relembra a conquista do Paulista de 1993, sobre o Corinthians.


O segundo jogo da final do Paulista de 1993foi uma conquista especial porque foi a minha afirmação como atleta profissional. Eu vinha de um bom início de carreira no Vasco,mas fui para o Palmeiras sabendo da cobrançaque sofreria por estar em um clube grande que não conquistava títulos havia 16anos. A pressão em cima de nós era enorme, já que havíamos perdido o primeiro jogo (1 a 0) daquela final.

A semana que antecedeu o jogo de volta foi horrível. A torcida hostilizou bastante o nosso time, colocou faixas de cabeça pra baixo e exigiu a vitória.Como sou do Rio e comecei noVasco, não tinha muita noção do quanto era grande a rivalidade com o Corinthians. Meus rivais eram Flamengo, Fluminense...Mas depois da derrota no primeiro jogo eu percebi. E ainda teve oViola imitando porco ao marcar o gol. Todo mundo ficou irritado. Sabíamos que ele sempre fazia alguma comemoração diferente, irreverente, mas, como foi contra nós, usamos aquilo como um ingrediente a mais de motivação.

O Vanderlei (Luxemburgo) foi muito feliz na preleção.Sabíamos que tínhamos um bom time e que treinamos demais na semana,mas a situação era complicada. No quadrangular (fase semifinal), fizemos alguns jogos maravilhosos, como contra o Rio Branco (vitória por 6 a 1) e a Ferroviária (4 a 1). O Vanderlei nos mostrou cenas desses jogos e disse: “Vejam essas cenas. Vocês são capazes de repetir isso. É só entrar lá e fazer o que sabem.” O que me chamou a atenção foi que geralmente ele falava um monte de coisas, mas nesse jogo não quis falar muito. Só disse que tecnicamente e taticamente estávamos prontos.Ele acreditava mesmo em nós.


Não era novidade que tínhamos um elenco que brigava muito entre si e que era cheio de discórdias, mas o grupo também era consciente do que queria e sabia que precisávamos nos ajudar em campo. Éramos um
time de alto nível, então ficava mais fácil jogar, mesmo com esse clima. Para falar a verdade, durante o jogo nem senti tanta pressão. Só antes mesmo. Jogar futebol era um lazer para mim, e não uma profissão.


Eu via o jogo como outro qualquer. Era muito novo (22 anos) e sabia da importância de ganhar um título e acabar com o jejum de um clube do tamanho do Palmeiras, mas no duelo em si eu não me senti pressionado. Eu só queria me divertir.


Nós entramos na partida tão decididos a ser campeões que nem deu para o Corinthians esboçar qualquer reação. A bola era nossa. Além da expectativa que existia em cima do fim do jejum, a conquista era a chance de afirmação para os mais novos, como eu, Roberto Carlos, Tonhão, JeanCarlo e Maurílio. Deixamos de ser promessas para nos tornarmos realidade.


E melhor: entramos para a história de um dos maiores  clubes do Brasil. É gratificante saber que a torcida gosta tanto de mim.

Márcio Braga

20 de abr. de 2010

PALMEIRAS 1996




Sou Palmeirense, mas temos de ser justos. O futebol do Santos de hoje empolga, como empolgou o futebol do nosso Verdao em 96, da seleção brasileira em 82 e do Flamengo em 81. Queremos e ser campeões, mas se for jogando bem e para frente, e bem melhor. Existe segredo para isso?

O Santos no ano passado esteve ameaçado de rebaixamento e teve de fazer uma reestruturação no seu time para chegar aonde esta hoje. Os atuais melhores jogadores deles vieram das categorias de base e fazem à espinha dorsal do time com mais dois veteranos de alto nível. Isso tudo colocado na mão de um técnico competente e serio.

Não e a primeira vez que isso ocorre pelos lados da baixada e já mostrou ser uma estratégia de sucesso. Os valores que o Santos deve ganhar com Ganso, Neymar e André devem ajudar e muito o clube no futuro. Esse e o verdadeiro bom e barato.

Enquanto isso, nossos meninos que fizeram uma campanha muito boa na Copa Sao Paulo sao relegados a segundo plano e esquecidos. Aonde esta Gilsinho, Gabriel Silva, Ramos? Mais uma geração que vai se perdendo como se perdeu a geração inteira de Vagner Love vice-campeã em 2003 no mesmo torneio. Esses garotos percebendo o pouco espaço e oportunidade dentro do Palmeiras não tardarão em procurar outros times que reconheçam seu valor. E ai reclamar de trairagem como fizemos com Ilsinho, não ira nos ajudar muito.
Cipullo e Belluzzo deveriam rever urgentemente seus conceitos no gerenciamento do futebol, pois apostar em jogadores de 33 anos ou em revelações de investidores não tem se mostrado o melhor caminho a ser seguido. Dentro das quatro linhas o legado deles para o próximo presidente será um time velho com alguns jovens jogadores de nível médio e caixa baixo, e se San Genaro nos ajudar ainda na primeira divisão. As vendas de Pierre, DS7 e CX10 reverterão muito pouco aos nossos cofres.

Vejo alguns amigos dizendo que o time teve reação e melhorou contra o Atlético e ate alguma empolgação com Lincoln e Ewerton. Desculpem-me, mas essa reação se houve foi tão pequena que nem percebi. E mais uma ilusão e vontade de ver as coisas melhorando do que a realidade.
E acreditar que Lincoln, Ewerton e Marcos Assunção serão a solução de nossos problemas e loucura. Quem já viu Djamilnha, Rivaldo, Edmundo e Evair sabe do que estou falando.

O primeiro passo para sairmos dessa situação ridícula que nos vemos hoje, e nossa diretoria ter autocrítica e assumir que adotou uma estratégia errada para o futebol. Admitir que não se reina sozinho e que alianças políticas internas devem ser feitas e rápido, que nossas categorias de base sao um tesouro a ser explorado de forma correta alem do Palmeiras B não ser um deposito de jogadores. Admitir que a estrategia que montou um timaco em 1996 nao pode ser repetida, pois precisou de investimentos altos e finalmente, enxergar o obvio, que nossa comissão técnica não pode ser entrega a estagiários. Desculpe Zago, mas você precisa aprender em outro lugar.

O Santos de hoje nos mostra que e possível depois de uma fase péssima, ressurgir em grande estilo. E isso que difere os grandes clubes dos pequenos. O Palmeiras e um gigante e merece ser tratado como tal. A rota torta que estamos hoje precisa ser revista e acoes tomadas em 2010, para serem solidificadas em 2011.
O Santos esta ai mostrando o caminho... Se Belloser/Cipullo acordarem ainda da tempo de o nosso futuro ser tão bom como foram os anos dourados da década de 70 e 90. Basta ter coragem de mudar!
Berlier Almeida

Racismo ou Vaga?

Infelizmente, temos de gastar nosso tempo no assunto que precede o decisivo jogo Palmeiras x Atlético nessa quarta feira, e que nada tem a ver com o futebol. O assunto foi a burrice cometida pelo Danilo durante o ultimo jogo no Palestra Itália, quando cuspiu e ofendeu de forma racista o jogador Manoel do Atlético.

Que o racismo e um crime condenável e que não pode haver perdão e inquestionável, assim como e muito difícil aceitar que alguém em pleno século 21 ainda acredite que a cor da pele de um ser humano seja diferencial de caráter. Danilo deve sim ser punido, e o clube arcar com a irresponsabilidade dele. Esse e um ponto.

O que não esta certo e a hipocrisia usada e manipulada nesse caso. A real intenção dessa manobra toda e de se criar um clima hostil para o jogo de quarta e tentar de todas as formas pressionarem juizes e opinião publica a fim de favorecer o time da casa e tentar reverter à desvantagem ate agora feita. Ninguém esta realmente preocupado com o crime em si de racismo, e toda celeuma deve ser esfriada rapidamente amanha às 11h45min quando o jogo terminar.

Seria realmente bom e relevante que casos de racismo como esses fossem punidos. Assim, como os programas "humorísticos" que tratam nordestinos, afro-descendentes e homossexuais de forma extremamente pejorativa e novelas que trazem os mesmos afro-descendentes sempre em papeis de empregados e escravos e raríssimas exceções em papeis de destaque.

O episodio do Danilo apenas serve para nos mostrar que no Brasil a lei ainda não e igual para todos, e sim aplicada conforme a conveniência do momento. A lei deveria ser aplicada para combater e inibir crimes e ações que vão contra os princípios de uma sociedade justa, e não como artifício para atender específicos objetivos. Essa troca de valores e que e imperdoável.

Berlier Almeida


17 de abr. de 2010

Ótima Sacada...

Para quem não sabe a Samsung faz uma foto em todo o jogo do Palmeiras em que você pode se encontrar... Muitas vezes xingando nossos intrépidos dirigentes ou comprometidos jogadores.

O link para a mesma é esse aqui.

Abaixo está a "macacada" que foi no último jogo:

- Em vermeho: O cabeça de lâmpada de azul é o safado Fabiano Vasconcelos o de verde atrás com caras de poucos amigos é esse que vos encreve.
- Em verde: Giuliano, o terror de Araras
- Em amarelo: a direita Paulão "Coxa" e Nanau a esqueda.



E para não perder o costume:

Ei Nanau, vai se f.... o meu Palmeiras não precisa de você !!

Márcio Braga

16 de abr. de 2010

Nosso revolucionário processo de contratações

Contratar olheiros, ter contatos em outros países ou estados brasileiros, acompanhar campeonatos internacionais, etc... Isso é passado !!!

Nossa diretoria encontrou um modo muito mais fácil e efetivo de encontrar talentos por todo o planeta..

Vejam o revolucionário processo Cipullo de contratações:


É só digitar Goleador no You tube e gastar seus milhões...

Qualquer dúvida contatem Belloser, Sempullo e Será-o-fim...

Márcio Braga

Palmeiras 1 x Paulo Baier 0


Ganhamos sem tomar gols, o que pelo regulamento da Copa do Brasil e nossa atual situação já é um ponto mais do que positivo. Mas o futebol apresentado não foi nada animador. Senão melhorarmos nas próximas partidas, todo jogo será uma loteria sem saber o que esperar. Apresentamos um jogo burocrático, um buraco no nosso meio de campo e velhos erros dos jogos anteriores, com um posicionamento da defesa inexistente. Confesso que esperava um jogo mais consistente ontem.

Muito ainda precisa ser resolvido, mas um detalhe não pode esperar: Diego Souza. Nosso meia parece estar fazendo um favor em entrar em campo e não consegue fazer o básico. Seu desinteresse é nítido e sua falta de vontade compromete os demais que estão em campo. Ontem jogamos com dez. A qualidade do Diego é conhecida e todos sabemos do ele é capaz, mas é preciso coragem da diretoria e do técnico (aí vai ser difícil) para definir o que ele quer. Ir embora é uma certeza, mas deve-se exigir que até a janela do meio do ano, ele jogue o mínimo, senão banco nele. Outro problema é nosso técnico estagiário que mais uma vez mexeu errado no time. Seu "timing" para definir substituições é péssimo. Coisas de quem esta começando e por azar nosso, esta aprendendo no Palmeiras (obrigado Cipullo!!).

Independente disso, em Curitiba teremos a vantagem do empate e se conseguirmos fazer um gol, o Atlético terá de fazer três. Mas para conseguirmos esse gol teremos de ter um ataque mais efetivo. Se ficarmos recuado esperando o Atlético vir, a pressão será insuportável, mesmo eles estando sem o Paulo Baier, jogador de referencia deles, expulso infantilmente aos 39 minutos do segundo tempo ontem.

Eu entraria com Ewerton e Robert no ataque. Manteria o meio de campo com Edinho, Pierre, Lincoln e Figueroa. E na defesa rezaria aos céus por uma ajuda.

Armero é muito limitado, embora corra como um louco, e na lateral direita nem jogador temos. Leo sempre e uma emoção, e Danilo e Marcos oscilam em apresentações grandiosas como em vexames.
Mas mesmo assim, a tabela da Copa do Brasil nos parece favorável, pelo menos ate chegarmos a final. Com um pouco de empenho da para chegar aos trancos e barrancos. A final só será apos a Copa do Mundo, e ate lá poderemos estar em uma situação um pouco melhor.
E esperar contar com San Genaro...

Nota: anotem mais dois para lista de reforcos que nossa diretoria esta estudando contratar para o Brasileiro: Fred e Diogo ( da Portuguesa). Se vier todo mundo o time será: Marcos, Vitor, Danilo, Henrique, Gabriel Silva, Pierre, Edinho, Valdivia, Diogo, Kleber e Fred. Nada mau, se fossem contratações factiveis. Pena que são só promessas Cipullescas....Nossa realidade deve ser bem diferente.

Berlier Almeida

15 de abr. de 2010

Valdivia? Eu quero é o Ademir da Guia!

Surgem boatos de que novamente o Palmeiras esta correndo atrás de jogadores que Cipullo e cia deixaram sair do clube em momentos mais do que errados. A bola da vez é novamente Valdivia, mas já ouvi falar em Kleber, Henrique e ate o Rivaldo.

Vamos por partes:

1) O momento é mais do inapropriado para se falar em contratações. Se o atual time já e uma desmotivação só, com traumas de títulos perdidos, a especulação de novos jogadores só jogam mais por terra qualquer esperança de reação desse grupo. Essas informações sempre saem em momentos críticos e são de dentro do clube, vindo da oposição ou ate alguns insatisfeitos da situação. E mais uma vez fica a pergunta: porque é tão difícil bloquear esses vazamentos de informação inúteis? E porque não se desmente veementemente?

2) O Palmeiras não teve dinheiro para segurar o Vagner Love. Nada mudou tão rapidamente que tenha sobrado caixa para se trazer tantos jogadores de nível agora. Só se conseguirem venderem peças do atual elenco por muitos milhões de euros, o que será difícil ficando em 11o. lugar no Paulista. Ou seja, a probabilidade de se trazer de volta jogadores desse nível não é muito animadora.

3) Que falta de originalidade! Não existem mais jogadores no mercado que possam nos tirar dessa situação? Parece que nossa diretoria quer sempre repetir o filme.

4) E finalmente: Mesmo que tragam Valdivia, Kleber, Henrique e o Ronaldinho Gaúcho, isso não tirara a obrigação de termos um técnico (não estagiário) e uma diretoria de futebol atuante. Esses itens com certeza hoje estão mais difíceis de ocorrer.

Precisamos hoje de títulos, planejamento e de um gerenciamento de acordo com nossa envergadura... Jogadores serão a conseqüência disso e não a causa.

Berlier Almeida

É Hoje!!

E chegou o dia. Hoje saberemos se o discurso do Galeano dizendo que a fase ruim passou e a do nosso técnico Zago de que veremos outro time em campo é verdade ou não.

O time que entrara em campo hoje deve ser:
Marcos; Márcio Araújo, Danilo, Léo e Armero; Pierre, Edinho, Figueroa, Diego Souza e Lincoln; Robert.

Incógnitas são como Figueroa depois de dois meses parado se comportará no meio de campo, se Lincoln realmente é um camisa 10 confiável, e se Diego Souza, Pierre e Danilo conseguirão mostrar vontade de jogar hoje. A qualidade desse grupo é mais do que suficiente para bater o Atlético-PR e diria até de ser finalista dessa Copa do Brasil, desde que mostrem atitude. Se a apatia mostrada nos jogos do campeonato Paulista se repetir, o final não devera ser muito diferente.

As certezas são as limitações técnicas de Armero, Marcio Araujo e Robert. Esses têm de sair no meio de ano.

A vitória é importante, porém o futebol que apresentarmos é mas ainda. Esta na hora desse grupo, que deverá ser desmanchado na próxima janela mostrar o mínimo de garra e comprometimento com nossa torcida. Ganhar essa copinha não e um bicho de sete cabeças e nos daria tranquilidade para nos planejarmos para 2011.

Assistirei ao jogo hoje com o coração dizendo que ainda dá, e que nosso manto sagrado será o suficiente para obrigar esse time finalmente acordar. E do outro lado minha razão dizendo que o problema desse time não e qualidade e sim, comprometimento.

Vamos torcer. Amanhã saberemos para que lado pendeu a balança.

Berlier Almeida

Nem vou acreditar !


Ainda outro dia era o Gladiadore que viria, promessa de Dom Belose. Agora já falam do Mago, e io pergunto: É mais uma promessa daquelas? Bom, o negócio é o seguinte, se é pra prometer por prometer este seu amico, Nicola Palestrini, promete um supertime com direito a Ronaldinho Gaucho e Messi. Pronto, tá prometido! Mas io sou honesto de dizer que non vou cumprir, e o nostros comandantes, será que eston sendo honestos? Ou a promessa de trazer Valdívia depois da copa de 2010 seria só mais uma fumaça!



Io já sou um palestrino velho, non tenho mais saco pra ver essa cambada vestindo nostro manto sagrado, manto este que já vestiu Luison Pereira, Cesar Maluco, Djalma Santos, Djalma Dias, Cesar Sampaio, Dudu, Ademir da Guia, Edmundo, Evair, Djalminha, Alex, Valdívia, Kléber, entre outros que non caberiam em um só post. De repente vejo um bando de salame vestido de verde e branco achando que son jogatores, mama mia!
Ma haja coraçon pra aguentar o jogo de hoje! Já pedi pra Dora deixar reservado um galão de suco de maracuja pra acalmar os animos.
Nicola Palestrini

14 de abr. de 2010

Vai ser difícil

O Palmeiras começa amanhã o jogo de 180 minutos que definirá o seu destino na Copa do Brasil e o que nos restará nesse primeiro semestre: a desilusão da desclassificação ou o alivio de ter conseguido passar à próxima fase.

Nosso técnico Zago, que a diretoria diz não ter tido tempo de mostrar seu potencial ainda (quanto tempo mais precisa ?), tentou ontem (isso mesmo, ONTEM) uma nova formação para jogar amanhã contra o Atlético. A esperança do técnico é  Figueroa, lateral deslocado para o meio de campo e que não joga a mais de um mês. A explicação é que o chileno é bom em cruzamentos, tática utilizada e tão criticada nos tempos de Muricy Ramalho. Para completar a revolução dentro das quatro linhas, DS7, aquele que todo jogo entra com dois sacos de 50 quilos de cimento nas costas, será nosso atacante ao lado de Robert. Sim, o Zago acredita que isso ainda funcionará.

Enquanto nosso técnico demonstra total controle da situação, apelando para inovações táticas na véspera do jogo, nossa diretoria age rápido e ontem (isso mesmo ONTEM), conseguiu apresentar o nosso camisa nove tão esperado: PH. Não se assustem se vocês o virem correndo no Palestra Itália amanha durante o jogo, pois pode ser mais uma surpresa tática do Zago, alem do Figueroa.

E para completar a opera, Marquinhos e Edinho voltam ao departamento médico. Marquinhos, que é o novo Pedrinho, tendo mais horas de fisioterapia que treinos. Questionamentos o porquê os jogadores se contundem tanto e demoram séculos para voltar, nem pensar. Mas mesmo com todas essas novidades, ainda nos pedem para apoiar e lotar o Palestra. Como coração de torcedor não para, provavelmente é o que ocorrerá. E pensando bem, compensa, pois pode ser nosso último jogo no primeiro semestre no Palestra.

Que nosso corações estejam em dia amanhã.

Berlier Almeida

13 de abr. de 2010

No meu bolso não!!!!

Que o Brasil é um pais onde o dinheiro publico, arrecadado em impostos extorsivos, é gasto de maneira errônea e muitas vezes em beneficio de um ou poucos, não é novidade. Muitos enriqueceram seguindo a linha do para os amigos tudo e aos inimigos a lei.

No futebol isso não é diferente, e o clubes como o São Paulo souberam bem aproveitar essa regra. O estádio do Morumbi foi levantado com dinheiro do estado, e com a ajuda do então governador Laudo Natel, conselheiro e cardeal do Jardim Leonor. A versão que todas as torcidas contam, foi confirmada em entrevista do atual presidente JJ ao Juquinha... Talvez essa tenha sido uma das grandes "jogadas" dos tricoletes, pois desde sua inauguração, o Morumbi foi palco das principais decisões de campeonatos e eventos esportivos do estado.

Em um estado em que você possui torcidas gigantescas e participantes como a do Corinthians e Palmeiras, as receitas sempre foram gordas, independente do São Paulo estar participando da festa ou não. Um presente que parecia não ter fim. Mas felizmente, deitaram em berço esplendido.

O tempo passou e as modificações e modernizações no estádio não foram realizadas, alem dos demais times da capital descobrir tardiamente, que estavam desperdiçando dinheiro e doando-o generosamente ao rival e inimigo sem beneficio algum. Assim, o quadro mudou. Sobreviver apenas da torcida do Dicesar que só vai a finais, e estando localizado em um lugar distante e sem facilidades como um estacionamento descente transformou o Morumbi tão lucrativo no passado em imenso elefante branco.

Sem dinheiro para grandes investimentos, a solução teria de sair dos nossos bolsos novamente como foi a construção. O problema era como fazê-lo, e aí a Copa de 2014 surgiu como uma chance de ouro. A obsessão de ser o estádio do jogo inaugural da Copa não tem nada a ver com a visão megalomaníaca que os tricoletes têm de tudo que tinge seu nome, mas sim como sendo a prancha de salvação do estádio. A Copa era a desculpa perfeita para utilizar o nosso rico dinheirinho, coletado em impostos, para modernizar um estádio completamente obsoleto e transformá-lo em uma arena de eventos alem do futebol. Isso atenderia a uma nova tendência mundial, aonde os jogos de futebol tendem cada vez mais a serem vistos pela televisão, e mega shows em grandes estádios serem cada vez mais comuns.

O que os bambis não contavam eram com os acordos extra-campo. Acomodados em sua arrogância, acharam que nada poderia tirá-los do páreo. Os motivos que podem levar a FIFA a declinar do Morumbi e retirando-o completamente da Copa Mundo de 2014, desconheço. Mas agradeço imensamente que meu dinheiro não seja gasto em uma obra inútil e que beneficiaria apenas alguns. Podemos estar em um momento péssimo dentro das quatro linhas, mas uma coisa não podemos dizer do Belluzzo. Nossa Arena sairá do papel sem apoio de governos ou impostos, que devem ser destinados a causas mais urgentes da população como hospitais e escolas. Levantaremos nossa Arena com recursos próprios e da empresa privada, como homens e empresas de valor devem fazer.

Assim, desculpem-me tricoletes, mas dessa vez parece que nao vai funcionar. Podem ficar com seu panetone falido, pois meu dinheiro pode e deve ser gasto em ações bem mais nobres.

Berlier Almeida

Vota Palmeiras !!

Para quem ainda não assinou o manifesto pedindo eleições diretas no Palmeiras foi  disponibilizado um ponto fixo para coleta de assinaturas: a loja Esportemania, na Rua Turiassu, 1843 em frente ao portão principal do clube.

Horário e dias de funcionamento

Segunda-feira - das 9:00 às 18:00 horas
Terça a Sexta - das 9:00 às 19:00 horas
Sábado - das 9:00 às 18:00 horas
Domingo - das 10:00 às 14:00 horas

Lembrando que é preciso ser sócio por no mínimo três anos para participar do manifesto.


BRV

12 de abr. de 2010

CBF, Koff e demais nojos...


A eleição de Fábio Koff como presidente do clube dos 13 não teve Kléber Leite como principal derrotado mais sim o cancêr Ricardo Teixeira, a famigerada Rede Globo e a marionete Marco Polo Del Nero, o maior cabo eleitoral do ex-dirigente do Flamengo.


O placa foi de 12 a 8 para Koff.  Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Fluminense, Atlético-MG, Atlético-PR, Sport, Grêmio, Internacional, Guarani, Bahia e Portuguesa votaram em Koff. Corinthians, Santos, Cruzeiro, Botafogo, Goiás, Vitória, Vasco e Coritiba votaram em Kléber Leite.


Aos que votaram contra se preparem para a represália. Copa no Panetone ou na Arena Palestra.. Bye.. Bye... E talvez dessa vez a Imundice consiga seu estádio.


Falando agora na vergonhosa CBF, ou seria  Teixeira SA, a entidade anunciou a Seara Alimentos como sua nova patrocinadora.


Enquanto os clubes do Brasil seguem quebrados e lutam para obter patrocínios a CBF possui nove. Além da Seara o time da CBF é patrocinado pela Nike, Banco Itaú, Vivo, Ambev, Volkswagen, Gillette, Extra e TAM.


Danem-se as categorias de base, os clubes, o futebol feminino, etc... A CBF se preocupa somente com a seleçãozinha faturando alto não somente com patrocínios mais também com amistosos e direitos de TV. A pergunta que fica é para onde vai para todo esse dinheiro? Existe alguma reversão aos clubes ? Pergunto isso porque a seleção disputa diretamente com os clubes de futebol a verba de publicidade de empresas interessadas em associar seus nomes ao futebol.


Vejamos se a partir da reeleição de Fábio Koff, a sexta seguida por sinal, algo muda nesse cenário.


Quem sabe o Papai Noel não desse de verde em pleno Abril também. Ou alguns jogadores comecem a jogar bola.


E já que é para falar em coisas impossíveis não é que concordei com o post do Juquinha...


Márcio Braga

Preços para os corajosos

Sairam os preços para quem deseja assistir o Verdão no Palestra Itália nesta quinta-feira.. Time e técnico Cipullo não nos deu, mas baixou um pouco os preços dos ingressos.


Os valores:


Arquibancada – R$20 (R$10 meia-entrada)
Numerada Descoberta - R$40 (R$20 meia-entrada)
Numerada Coberta – R$100 (R$50 meia-entrada)
Setor Visa - R$80,00 (R$40 meia-entrada) + taxa
Camarote Premium – R$ 130,00 (R$65 meia entrada)


Boa sorte a todos nós....

Eleições antecipadas

Existem fortes rumores que a data das eleições para presidente do Palmeiras seja antecipada para novembro. Ainda não sei se a ideia é possibilitar que as mudanças ocorram antes do início da temporada em 2011 ( o mais racional) ou se Cipullo/Belloser estejam contando os dias para passar o bastão.

Independente disso e olhando nosso quadro atual, antecipar as eleições é uma ação mais do que bem-vinda. Eleições em Janeiro é uma das últimas heranças de Mustafa Contursi, e que funcionou em uma época em que os campeonatos Paulistas se iniciavam em Março. Com o atual calendário de futebol, definir quem gerenciara o clube em Janeiro com Copa São Paulo, Campeonato Paulista e Copa do Brasil ou Libertadores batendo na nossa porta é dar um tiro no pé.

Se essa mudança se concretizar , passamos para o segundo dilema: quem será o presidente? Depois do fiasco de Cipullo e Belloser dentro das quatro linhas, fica evidente que não podemos delegar o controle do Palmeiras a técnicos e "managers". Não existem messias ou fórmulas prontas a serem compradas. Temos de descobrir, e rápido, nosso modelo de gestão. Essa função precisa e deve ser gerenciada por nós.

Precisaremos de pessoas corajosas e capazes que consigam enxergar o futebol do Palmeiras como ele realmente é. A covardia da época de Mustafa não pode retornar, nem a omissão da atual gestão. E a primeira ação do novo presidente, ao invés de trazer quilos de jogadores, deve ser uma reestruturação na area técnica. O que temos hoje no Palmeiras não é digno de nossa magnitude.

Precisamos de técnicos capazes, não de estagiários. Preparadores físicos que deixem o time voando em campo, e não que estourem os músculos de nossos jogadores em rachões ou treinos. Uma área médica que consiga devolver os jogadores lesionados em dias e não em meses, um departamente de Marketing que nos de um programa de sócio- torcedor, e nao sócio-sofredor . Tendo isso, precisaremos de jogadores que resolvam e não somente eternas promessas.

Impossível? Nem tanto. Já fizemos e tivemos isso nas décadas anteriores a 80 e no oasis chamado Parmalat. O motivo pelo qual perdemos isso, só o destino sabe. As dívidas se acumulam, mas com um nome como o Palmeiras se tem credito em qualquer lugar. 2010, salvo algum milagre, esta perdido.

Cabe a Belluzzo provar que ainda lhe resta algo e que o Belloser não é sua verdadeira face. Além da Arena e do titulo Paulista de 2008 cabe a ele conseguir traçar o destino para 2011/2012 fazendo um sucessor digno.Ou se omitir mais uma vez, e ser só lembrado como a pessoa que tirou a Arena do papel. Qual das duas opções irá se concretizar, só o tempo nos dira.

Berlier Almeida



11 de abr. de 2010

Belloser, o lamentável !!!

Realmente Belloser, o intitulado salvador palestrino, vem cada vez mais demonstrando sua incompetência tanto em dirigir o time quanto em dar entrevistas.


A entrevista que saiu hoje no Estado é de dar vergonha. É de um cinismo do tamanho da incapacidade desse senhor em dirigir qualquer coisa.

Belloser, não insulte nossa inteligência... Vamos a entrevista. Vai ser um toma lá da cá.


Belluzzo vê Palmeiras melhor que em 2009, apesar da péssima fase



Luiz Gonzaga Belluzzo não perde as esperanças. O presidente do Palmeiras avisa que o time está preparado para a disputa do Brasileiro e vai brigar forte pelo título. Em pouco mais de 14 meses de mandato, ele arrumou desafetos no clube. Recebeu ameaças de morte e se vê no meio de uma confusão política quase sem fim. Em entrevista ao Estado no dia seguinte ao término da primeira fase do Estadual, em que o time fez uma de suas piores campanhas na história, o economista prometeu fugir da reeleição e disse que o elenco atual é melhor que o de 2009.


Torcida. Às vezes eles acham que somos empregados. Certa vez fui assistir a um jogo na arquibancada e um dos torcedores veio até mim e disse que eu tinha de mandar esse e aquele embora. Virei e perguntei se ele sabia com quem estava falando. Sobre essa questão de integrantes de torcidas organizadas se associarem ao clube para participar da política interna, não vejo muito o que fazer. É a democracia. Melhor que sobre do que falte.

- Belloser, se o senhor acha que não deve satisfação a ninguém volte a sua vidinha. Deixe o Palmeiras em paz. Chega a ser lamentável sua afirmação.


O time. Claro que não está bem. Terminamos muito mal o ano passado e estamos tendo trabalho para nos acertar nesta temporada. Mas o trabalho está sendo feito com cuidado. Já detectamos os problemas da equipe e nos movimentamos para solucioná-los. Por exemplo, estávamos pouco eficientes na saída de bola, e agora buscamos reforços nessa posição, como o Marcos Assunção (volante do Prudente). A defesa é boa, mas temos um lateral-esquerdo que também oscila. E não sei o que acontece com o Pierre, mas ele caiu de produção, talvez por causa da lesão de 2009. Não entendo que o Palmeiras vá entrar no Campeonato Brasileiro tendo de se preocupar com o rebaixamento. Com os reforços que chegarão, nosso grupo se tornará mais competitivo. Em alguns momentos oscilamos, nosso time parecia "on-off", começava bem e, de repente, perdia a pegada. Mas posso afirmar que temos um elenco melhor que o do ano passado.

- Elenco melhor que de 2009 chega a ser brincadeira. O Senhor deve ter certeza que trata com 15 milhões de idiotas. Você está se auto-enganando. Se atitudes não forem rapidamente tomadas 2011 estaremos de volta a série B. E haja cuidado no trabalho. Imagino se não houvesse.


Muricy Ramalho. Tenho o maior respeito pelo Muricy. Trata-se de um dos profissionais mais corretos com os quais já trabalhei. Discreto, fica na dele, não gosta de se meter em tudo, como alguns fazem. Mas é preciso entender que ele não conseguiu encontrar uma formação para o time. O Vagner Love jogava em posição errada. Ele saía muito da área, quando sua característica é de jogador mais centralizado. O Edmílson não tinha condições de jogar de volante, mas era escalado dessa forma. Quando ele chegou, perguntamos o que ele achava do elenco e se precisava de alguma contratação. Ele disse que o grupo era bom e que trabalharia com aqueles atletas. Mas no final vimos que faltavam opções.

- Mais uma vez o Senhor deixa de culpar o maior responsável pela vergonha que se tornou o time hoje: Cipullo.


Vanderlei Luxemburgo. O Vanderlei gosta de tomar conta de tudo. É o estilo dele. Ao tirá-lo, tive de tomar uma atitude para preservar a hierarquia. E, não há como negar, aquele episódio que ele não acompanhou o time em uma viagem para ficar no Brasil comentando o jogo para a televisão (pela Copa Sul-Americana, contra o Argentinos Juniors, em 2008) não pegou bem. Onde já se viu o técnico comentando publicamente a partida da própria equipe?

- Isso aconteceu quase um ano antes da demissão de Luxemburgo. Conta outra...


Antônio Carlos. Durante o processo de definição do novo técnico, o que mais nos chamou atenção no Antônio Carlos foi o fato de ele ter montado o time do Corinthians do ano passado. É um profissional que conhece bem futebol, identifica com facilidade o potencial e as características de um bom atleta e tem pontos de vista claros sobre táticas e estratégias de jogo. E nesses últimos jogos não dá muito pra falar do trabalho dele, o time jogou com muitos reservas e sem motivação (já estava eliminado no Estadual). E eu já troquei muito técnico neste mandato (explicando se Antônio Carlos sairia com uma queda na Copa do Brasil).

- Experiência em time grande é demais. Bom, as maiores experiências que tivemos são o Senhor como presidente e Cipullo como vice-presidente de futebol. Haja saco para aguentar tanta vergonha.


Marcos. O Marcos é um torcedor dentro do campo. Ele sente muito a partida, o resultado. E quando perde, desabafa, fala que vai parar. Mas a gente sabe que ele pode render bem.

- Falta a vontade e o caráter de Marcos em muitos.


Mustafá Contursi. Sem dúvida é uma pessoa inteligente. Mas não gosta de futebol. O Mustafá adora dizer que deixou o caixa com trinta e poucos milhões, mas vale lembrar que na época dele a Parmalat era responsável por pagar 70% das despesas do departamento de futebol. Aí até eu.

- Por sua incapacidade o Nesfato deve voltar nos braços da torcida.


Atrasos de pagamento. Nunca atrasamos salários. Tivemos alguns problemas, sim, com os direitos de imagem, que representam, em média, 40% dos vencimentos dos jogadores.

- Conta outra. Só 40% ?? Pouco né ??

Arena. Nosso cronograma não foi alterado. Tivemos algumas pendências, como a que ocorreu com a CET, mas que estão sendo resolvidas. É preciso que as pessoas entendam que se trata de um processo complexo. O problema é que tem muita gente no clube que não entende o que está acontecendo, não faz questão algumas de ir atrás de informações, mas que adora reclamar. Isso acontece com frequência no Conselho. Muitos aparecem ali e não fazem ideia do que está sendo discutido.

- Isso ocorre pela sua incapacidade de ser claro sobre o andamento do projeto.


Presidência. O pessoal foi todo na minha casa mais de uma vez, depois do Natal, para me convencer a ser presidente. E ainda comiam da minha comida, bebiam do meu vinho. Quando aceitei participar da eleição, até meu filho disse que eu estava louco.

- Se arrependimento matasse tem gente no BRV que já estava embaixo da terra. Ficar até as 2hs00 da manhã em plena segunda-feira para comemorar sua eleição é o maior erro que já cometemos.


Affonso Della Monica (ex-presidente). Eu ofereci o cargo de presidente do Conselho, mas ele não aceitou. Aí falei para o Vergamini (José Angelo) e ele foi eleito. O Della Monica, então, ficou bravo comigo e foi para a oposição.

- Sua incapacidade de fazer política é algo sem precedentes. Haja incompetência.


Sucessão. Não tenho a menor intenção de me candidatar a mais um mandato. Entendo que tenhamos dois nomes que poderiam concorrer: Paulo Nobre e Antonio Augusto Pompeu de Toledo (presidente do Conselho de Orientação Fiscal). O Paulo Nobre, por exemplo, tem perfil interessante, pois é jovem, rico (sócio do grupo que controla o banco Itaú) e tem tempo para se dedicar ao clube. Já a oposição fala muito no Pituca (Arnaldo Luiz Albuquerque Tirone).

- Obrigado. Vá e não volte nunca mais.


Ameaça? A polícia chegou à conclusão de que as cartas que recebi contendo as balas de revólver foram escritas pela mesma pessoa. Foi de alguém dentro do clube. É claro que não fico feliz com isso, mas tento não me preocupar. Não reforcei minha segurança.

Eu só quero lhe agradecer pelos próximos finais de semana de tranquilidade. 

Obrigado Belloser...

Márcio Braga


10 de abr. de 2010

As Pérolas de Cipullo

São quatro anos mandando e desmandando no futebol palmeirense. De 11 campeonatos disputados desde 2007 foi um título e inúmeras vergonhas. Principalmente dentro do Palestra Itália. Um aproveitamento de 9%.

Em qualquer outra atividade ou clube do planeta isso isso seria avaliado como um fracasso mais que comprovado. Menos no Palmeiras é claro !!!

Apesar de acumular fracassos Cipullo segue o homem forte do futebol do Palmeiras. Nesses três anos foram 61 contratações divididas da seguinte maneira:

Zagueiros: 12
Laterais: 10
Volantes: 8
Meias: 12
Atacantes: 19

Se dividirmos esses 61 coadjuvantes por ano temos a seguinte Lista:

2007 (Antes do câncer Traffic)

Zagueiros
Gustavo e Edmilson

Laterais
Paulo Sérgio e Leandro

Volantes
Pierre, Martinez e Makelele

Meias
Caio e Deyvid Sacconi

Atacantes
Luiz Henrique, Rodrigão, Max, Alemão, Florentin e Cristiano




Das 15 contratações efetuados eu destacaria somente Pierre, Caio e Gustavo. Infelizmente o Alemão acabou nos deixando muito cedo.

2008 (Traffic Golden Age)

Chegamos ao absurdo 20 contratações durante o ano.

Zagueiros
Henrique, Gladstone, Jeci, Roque Jr e Paulo Miranda

Laterais
Elder Granja, Capixaba e Jefferson



Volantes
Sandro Silva e Jumar

Meias
Diego Souza, Leo Lima, Evandro e Maicosuel


Atacantes
Alex Mineiro, Lenny, Jorge Preá, Denílson, Kléber, Thiago Cunha


Dos 20 jogadores contratados somente três destaques: Henrique, Diego Souza e Kléber

2009 (Traffic e a crise mundial)

Foram 16 novos coadjuvantes contratados. Isto é, em três anos foram montados três times totalmente diferentes.

Zagueiros
Maurício Ramos, Danilo, Edmílson e Marcão

Laterais
Pablo Armero, Henrique e Figueroa


Volantes
Mozart
 
Meias
Cleiton Xavier, Willians e Marquinhos


Atacantes
Keirrison, Ortigoza, Obina, Robert e Vagner Love


Em termos de contratações foi o principal ano palmeirense desde 1998. Foram alguns bons jogadores porém a maior decepção palmeirense da história.
 
2010 (Sem Traffic)
 
Sem Libertadores e sem o câncer Traffic voltamos a depender de Cipullo e sua trupe para contratar jogadores nesse ano. Foram 10 contratações até o momento.
 
Zagueiros
Léo
 
Laterais
Eduardo e Vitor
 
Volantes
Edinho e Márcio Araújo
 
Meias
Lincoln e Ivo
 
Atacantes
Ewerthon e Paulo Henrique
 
Desses 61 jogadores eu consegui destacar 8: Pierre, Kléber, Diego Souza, Henrique, Keirrison, Vagner Love, Cleiton Xavier e Danilo. Isso nos dá um percentual de 13%.
 
Os números de Cipullo não deixa nenhum dirigente dos anos 80 com vergonha.
 
Isso é lógico !! Afinal são os mesmos desde a década de 70 !!!
 
Fora Belloser !!
 
Fora Cipullo !!!
 
Márcio Braga